Pesquisa do Sebrae feita com 5.691 empresários mostra que 83% deles criaram cultura inovadora em sua empresa e, após 30 meses, obtiveram aumento de faturamento em até 40%

Um passaporte para alcançar o crescimento sustentável: uma pesquisa do Sebrae feita com 5.691 donos de pequenos de todo o Brasil mostra que 83% deles criaram cultura inovadora em sua empresa. Outros 84% buscaram novas parcerias e, 83% desenvolveram novos métodos organizacionais.

Os números são resultado do programa Agente Local de Inovação (ALI), onde empresas que fazem adesão recebem visita de um desses técnicos para um diagnóstico completo do estágio da inovação, além das oportunidades de melhoria a serem exploradas para ampliar a sua competitividade.

A partir desse diagnóstico, o ALI propõe a construção de um plano de ação para inserir soluções inovadoras no ambiente da empresa. Depois de definido o plano, ele será implementado sob a responsabilidade da empresa com o acompanhamento/orientação do Agente Local de Inovação durante um período de 30 meses.

A pesquisa revelou ainda que cerca de 67% dos donos de pequenos negócios alteraram seus produtos e serviços após participar do projeto. Outros 45,2% conseguiram alcançar um crescimento no lucro mensal, e 46,2% obtiveram aumento em seu faturamento de até 40%. Houve ainda 57% que declararam que mudaram o layout da empresa, e 53% adotaram novas formas de promoção de marketing após a presença do ALI.

O ALI foi lançado, em nível nacional, em 2010, com o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada. Esta orientação é realizada por bolsistas do CNPq, selecionados e capacitados pelo Sebrae, que acompanham um grupo de empresas.

Para mais informações sobre a pesquisa, clique aqui.

Fonte: Diário do Comércio

Veja também: